Organização do Evernote para 2016

Oie!

Além de listar meus objetivos para o ano, nos primeiros meses eu também gosto de organizar meu Evernote. Desde 2013 tenho usado ele diariamente, pra arquivar coisas que preciso, projetos em andamento, ideias, fazer listas, etc. Aqui eu conto como me organizei em 2014 e aqui como me organizei em 2015 (pra quem quiser posts mais completos).

Como já falei algumas vezes sobre o assunto, tentarei então ser mais objetiva e não me estender tanto na teoria. O que é importante saber é: minhas principais referências continuam sendo o GTD e a forma como a Thais Godinho do Vida Organizada organiza o Evernote dela (só adapto para minha realidade).

Lista de etiquetas usadas no EvernoteMinha organização, como a imagem acima, se resume basicamente em utilizar as etiquetas. Os cadernos não são práticos para cruzar notas e também possuem um número limitado, já com as etiquetas, você pode organizar de uma forma mais flexível e o limite de etiquetas é muito superior.

As etiquetas Ações, Projetos e Referências são etiquetas “mãe”. Dentro delas eu organizo as notas por subcategorias, que facilita ainda mais encontrar o que eu preciso. Antes de começar a organizar as etiquetas, utilizo dois cadernos: Entrada e Processadas. Transfiro tudo para o caderno Entrada e vou etiquetando coisa por coisa. Assim que etiqueto, transfiro a nota para o caderno Processadas. Acho que assim fica mais fácil pra entender o que eu já avaliei.

2Nessa imagem fica um pouco mais claro, vejam que dentro da etiqueta mãe referências eu faço subcategorias para arquivar algumas notas. Por exemplo, na subcategoria links, faço notas, categorizadas por assunto e guardo links interessantes. Um exemplo: Nota Galeria de imagens gratuitas para o blog, dentro da nota estão os links das galerias e a etiqueta é a links (eu não utilizo as etiquetas mãe para organizar – note o 0 ao lado do nome).

Agora falando das notas, se não me engano a Thais ainda utiliza a caixa de entrada para ir jogando conteúdos aleatórios e só depois ela processa. Eu preferi organizar tudo dentro de uma nota só, chamada Tarefas, arquivada na etiqueta fazer dentro da etiqueta mãe ações.

Organização da nota "Tarefas"Eu comecei a ficar muito perdida jogando várias coisas na caixa de entrada e quase sempre ficava com preguiça de processar uma por uma. Confesso que com isso acabava apagando muitas das minhas ideias, por pura preguiça e também por não saber onde colocar se eu ainda não tinha processado. Então organizo agora tudo em uma nota só, dependendo do contexto e do lugar que estou, consigo ter uma visão geral do que gostaria/preciso fazer.

Como disse, não quis me estender demais no assunto pra não ficar muito confuso. Mas a minha dica principal é essa: abuse das etiquetas. A busca do Evernote é excelente, mas se você também fizer uma boa categorização, quase nunca vai precisar usar a busca =)

Ah, também acho válido ressaltar que utilizo outras ferramentas para organizar outros aspectos da minha vida, por exemplo:

  • Google Calendar: Todos os meus eventos com data e hora marcadas estão lá. Gosto porque consigo sincronizar com o celular e também com a agenda que utilizo no trabalho. Já tive agenda no Evernote mas não me acostumei, prefiro os alertas e a facilidade do Google Calendar;
  • Google Drive: Assim como o Calendar, para fazer planilhas é muito mais fácil utilizar o Google Drive. Lá eu atualmente só guardo minhas planilhas financeiras, acompanhamento dos meus parcelamentos, da minha conta corrente e poupança. É mais fácil porque já é pronto e posso utilizar algumas fórmulas, coisa que o Evernote não tem;
  • Dropbox e HD externo: Bom, o Evernote ainda não é uma ferramenta pra carregar arquivos pesados, então eu utilizo o Dropbox e meu HD externo pra isso. Até Dezembro estava usando só o Dropbox, pagando $9.99 pelo serviço. Só que o dólar ficou caro demais e preferi voltar pro meu HD externo mesmo. No Dropbox eu só deixo aquilo que sei que realmente vou usar e que preciso de fácil acesso pelo celular, que se resumem em imagens que eu posto no Instagram do Amo Quotes e também na ONG Confraria dos Miados e Latidos;
  • LoveCycles (app): Esse é um extra para as garotas. Eu costumava a fazer uma lista com os dias que havia menstruado, para controle. Até que fui apresentada ao LoveCycles. Ele é um calendário bem simples e bonitinho, onde é possível com um clique colocar o dia do seu ciclo e ele automaticamente calcula o próximo, além de dias férteis e seguros do mês. Também é possível fazer anotações de humor, para que você vá avaliando e se prevenindo (ou prevenindo o namorado haha) nos meses seguintes.

Espero que tenha sido útil e qualquer coisa é só deixar um comentário!

=*

2 comentários sobre “Organização do Evernote para 2016

Deixe uma resposta