Livros lidos: Maio 2015

Antes de mais nada, estou voltando =)

Fiquei um tempo sumida daqui por motivos de força maior: reforma em casa. Era  pra ser algo relativamente simples, mas de repente tudo saiu do lugar. A ideia era ir fazendo aos poucos, para não termos que sair de casa e nem perder as coisas de controle, mas sabe o que aconteceu? Tudo oposto. Os pedreiros começaram a mexer em todos os lugares e tivemos que nos “mudar” – com a gataiada toda – para UM cômodo que fica anexo à casa. Já sabem né? Fiquei sem internet, sem cama, sem espaço e dignidade =P

O mais importante é que acabou! Na verdade, já acabou há umas 2 semanas, mas ainda estou lutando para colocar minha vida e rotina em ordem. É impressionante como o trabalho não termina, tem sempre alguma coisa pra recolocar no lugar, limpar, pintar. Enfim, sem prolongar demais, o projeto #365desenhos ficou paralisado assim como os posts, mas aos poucos vou retomando tudo.

Hoje – quase no final do mês – finalmente sai o post sobre os livros lidos em Maio. Com essa coisa de reforma e minha vida meio bagunçada, continuo com um ritmo muito lento de leitura, então não acho que vou conseguir superar o número de 39 livros lidos em 2014. Mas não tem problema, eu leio por prazer e não por competição, certo?

Vamos lá:

Lidos Maio

O projeto Rosie

O projeto Rosie é um livro muito gostoso de ler, não é uma história extremamente amarrada ou cheia de suspense, mas ele cumpre seu papel: entreter. Achei o personagem principal, Don, um total reflexo do Sheldon de The Big Bang Theory: metódico, ultra nerd, não entende sarcasmo/ironia e odeia contato físico com outras pessoas. No meio do processo para encontrar uma esposa, porém, ele descobre que é preciso muito mais agir com naturalidade e em situações imprevistas do que planejar metodicamente a pessoa que deseja ficar, afinal, nem sempre as coisas vão ser tão legais assim. Como disse, o livro cumpre seu papel, mas achei o final bastante acelerado. Não é exatamente um problema, mas foi isso que me fez considerá-lo um 9/10.

Nota: 9/10
Autor: Graeme Simsion
Páginas: 320

Livre – A jornada de uma mulher em busca do recomeço

Livre é um livro muito interessante. Conta a história de Cheryl e sua – louca – caminhada por uma trilha imensa, que levou 3 meses para ser completada. Toda essa peregrinação nasce da necessidade de colocar as coisas no lugar e de conhecer quem ela é de verdade, após a morte de sua mãe, vítima de um câncer e também seu divórcio. Como o nome do livro mesmo diz, Cheryl procura na trilha um recomeço, mas vai descobrir que caminhar no sol escaldante ou atravessar paredes de gelo, acompanhada de sua fiel escudeira monstra – sua mochila – não vai ser tão simples, mas vai mudar completamente sua vida. Ela também descobre e aprende a ser mais gentil com suas dores e problemas e a colocá-los pra fora enquanto passa pelas mais diversas situações. Em alguns pontos achei a história um pouco maçante e o final um pouco acelerado (acho que perdemos os detalhes da sua vida futura), mas como o foco é a trilha e seus desafios, vale a leitura.

Nota: 7/10
Autor: Cheryl Strayed
Páginas: 376

Lidos Maio

2 comentários sobre “Livros lidos: Maio 2015

  1. Obra é uma coisa louca, né? Acaba com tanta bagunça que fica difícil mesmo ajeitar tudo de novo. Mas é assim mesmo, pelo menos depois que acaba fica melhor! rs
    Esses livros eu não tive a chance de ler, mas já conhecia os títulos. Gostei bastante de saber um pouco mais deles. Beijos

    1. Nossa, é louco em todos os sentidos…parece que fui reformada junto, tamanha a bagunça que faz na vida da gente… Ah, agora já está 100%, outra vida. Valeu o sacrifício =)

      Ah, quando tiver a oportunidade, leia =D
      Beijo

Deixe uma resposta