Livro lido: Depois a louca sou eu

capa-tati

Oie!

Ganhei esse livro da minha linda amiga secreta Carol <3 e estou viciada nesse tipo de leitura: de pessoas levemente “fora da curva”. São autores que assumem, sem medos, seus problemas e confusões mentais.

Tati Bernardi conta com humor, como vive sendo uma pessoa com ansiedade e alguns comportamentos obsessivos. Obviamente me identifiquei os padrões de medo e compulsão e principalmente aqueles pensamentos trágicos que aparecem na nossa mente sem que a gente queira.

Eu quero chorar porque sou filha única e jamais deveria ter saído de perto dos meus pais. e se eles precisarem de mim? Quem vai cuidar deles? O que vai ser deles? E se? E se? Vou desmaiar. Certeza.

Acredito que é muito bom ter esse tipo de leitura no mundo literário, porque apesar de não ser um autoajuda ou nem mesmo uma solução para os problemas que temos, é importante sentir que você não está sozinho e que seus medos – que tanta gente pode tentar diminuir – é comum também em outra pessoa.

Me diverti muito com os comentários sobre o Rivotril (um tranquilizante muito usado para acalmar crises de ansiedade) e como ela decidiu e decretou para o seu próprio corpo que não vomitaria nunca mais após uma crise.

E por fim, quem não for um pouco doido, que atire a primeira pedra.

Meu amigo, se você é bizarro, saiba três coisas. (E lá vem momentinho autoajuda, péssimo, mas…) Uma: você não está sozinho. Duas: você é um cara legal, pode acreditar. Três: as pessoas rasas são mais felizes, mas elas nem sentem isso de verdade porque são rasas, então não vale.

Veja mais informações sobre o livro

base-livro

Jura que você precisa de algo “que te tire de você”? Que “te leve daqui”? Eu só quero algo que me devolva a mim.

Esse namorado, vamos chamá-lo de Daniel (adoro que esse é exatamente o nome dele e eu estou realmente expondo a criatura, dane-se), dizia que minha dificuldade em usar salto alto estragou nosso romance.

Depois a louca sou eu - Tati Bernardi
 Nota: ★★★★☆
 Páginas: 144
 Compre o livro em oferta na Amazon

2 comentários sobre “Livro lido: Depois a louca sou eu

  1. Terminei a leitura… adorei!

    Acho que até meio achei que era eu a personagem hahaha mas num tenho tanta crise de ansiedade… nem tomo medicamentos…

    Ela é mto prática em expressar bizarrices que acontecem pelo menos uma vez com todo mundo… Também não tinha noção da profundidade do poço fundo que é ter pânico ou uma crise de ansiedade… mesmo sendo enfermeira não tinha noção de como é intenso… vou passar a valorizar muitooooo as queixas dos pacientes… afinal só quem passa sabe o que sente né?!

    1. Que bom que gostou, Van <3

      Então, mesmo eu que tenho depressão e algumas crises de ansiedade, não tive sintomas tão intensos quanto os dela. É tudo realmetne muito relativo, por isso realmente dizem que a getne não pode julgar a dor do outro. Mas que ela é doida e bizarra, ela é hahaha

Deixe uma resposta