Livro lido: Pequenas grandes mentiras

capa-post

Oie!

Ganhei esse livro de aniversário da minha querida amiga Karoly e eu AMEI o presente. Além disso, amei o enredo da história e o jeito de escrever de Liane Moriarty.

Pequenas grandes mentiras conta, de forma cruzada, a história de três personagens e amigas: Jane, Celeste e Madeleine. As três escondem segredos – que podem até parecer pequeno pra elas – mas que se tornam uma grande bola de neve conforme o tempo passa.

Jane foi mãe solteira. Seu filho Ziggy, foi fruto de uma noite de sexo casual que acabou virando abuso. Seu agressor nunca soube da existência do filho, assim como o menino também nunca soube nada sobre o pai. Essa “relação” mudou drasticamente a forma como ela se enxerga e se cuida, inclusive desenvolvendo um transtorno alimentar.

Madeleine está no segundo casamento e a raiva do ex-marido por abandonar ela e sua primeira filha já contabiliza 15 anos. Pra completar a história, tanto ela quando o ex começaram uma nova família e as confusões só aumentam conforme a personalidade da filha fica mais parecida com a da madrasta.

Celeste, apesar de sua aparente calma, é a que mais sofre das três. Apesar de ser rica, linda e ter uma vida “perfeita”, sofre violência física e psicológica do marido, que já começa a afetar a vida de seus filhos gêmeos.

base-livro

Enquanto vai narrando os dias das personagens, recebemos pequenos depoimentos dos demais personagens durante um interrogatório com um detetive. No início isso parece meio perdido, mas aos poucos você vai entendendo que um crime aconteceu em um evento destinado aos pais do colégio onde todas as crianças estudam. Não é possível descobrir quem até chegar até quase o fim da história, mas alguém morre.

Imaginei mil coisas e mil pessoas que pudessem ter morrido. No fim, não era nada daquilo que eu tinha imaginado e fui realmente surpreendida pelo desfecho. No fim, eu avaliei o livro com 4 estrelas porque apesar de ser uma história muito bem escrita, achei o final muito acelerado e de certa forma pouco trabalhado. De qualquer maneira, vale muito a leitura.

Dizem que não é bom guardar ressentimentos, mas sei lá, eu bem que gosto do meu ressentimento. Cuido dele como se fosse um bichinho de estimação.

Autora: Liane Moriarty
 Nota: ★★★★★
 Páginas: 400

Um comentário sobre “Livro lido: Pequenas grandes mentiras

Deixe uma resposta