5 coisas que faço quando ninguém está olhando

De médico e louco todo mundo tem um pouco, certo? Claro que deixamos essas coisas mais malucas para fazer no sossego da privacidade. Acho super saudável, é um tempo que tiramos para nos divertir (ou entrar na fossa, por que não?) sem que ninguém fique nos julgando. Listei aqui 5 coisas que faço quando ninguém está olhando =P

1. “Stalkeio” as pessoas

Stalkeando
Fonte da imagem: PictureYouth

Stalkear nada mais é que um verbo abrasileirado para descrever as pessoas que fuçam na vida alheia. Pois é, adoro fazer isso. É engraçado como às vezes alguém vem me contar algo que fez e tirou uma foto, e eu ficar “Nossa! me mostra?”, sendo que eu já vi há muito tempo. Muahaha! Também serve para me atualizar sobre a vida dos amigos e até para ver a vida dxzinimigxs. Vai dizer que você não faz o mesmo?

2. Faço performances na frente do espelho

Dançando
Fonte da imagem: Alexandra Carlton

Já gostei muito de dançar na infância e cantar é um hábito – não que eu cante bem, que fique claro. Só que quando estou em casa e ninguém está perto pra julgar meus “dons”, adoro pegar a primeira coisa que possa parecer um microfone e faço shows particulares, com direito a coreografia e tudo mais. Cantar eu já costumo cantar em qualquer lugar, mesmo sendo péssima nisso (o pessoal do meu trabalho que o diga).
 

3. Avalio as pessoas mentalmente

Julgando
Fonte da imagem: peasap

Quando estou sozinha e principalmente andando de trêm ou ônibus adoro ficar achando “defeito” nas pessoas. Aliás, acho que faço isso em qualquer lugar. Aproveito também para ficar criando histórias sobre elas e até rir sozinha disso tudo. Vai dizer que você nunca viu alguém na rua com uma roupa que você considera feia e pensou com você mesmo: “Credo!“?

4. Fico pelada

Nua
Fonte da imagem: Ulloa

A sociedade que me desculpe, mas não há nada melhor do que tomar um bom banho, por um filme e ficar deitada na cama pelada. Nossa, quantas vezes eu não dormi assim? Aliás, com o calor que tem feito esses tempos, ficar pelada na minha casa já virou um fato.
 

5. Assalto a geladeira de madrugada

Gatos
Fonte da imagem: Jim

Já fui muito mais noturna que hoje em dia, mas ainda tenho o hábito de madrugar de vez em quando. Só que as horas passam e a fome aperta, né? Sou obrigada a levantar no meio da noite, inventar alguns lanchinhos noturnos e depois fingir que não fui eu que comi tudo o que tinha na geladeira.

Deixe uma resposta